sábado, agosto 23, 2008

RAPAZ CAUSA PÂNICO EM UNIVERSIDADE

Os alunos da UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais) viveram momentos de pavor na noite do último dia 20, quando um ex-aluno atirou na própria cabeça, após manter uma professora refém em uma sala da instituição. Segundo informações da polícia, o rapaz, de 39 anos, mantinha um amor não correspondido pela professora.

João Luciano Ferreira Júnior foi aluno do curso de letras naquela universidade e, segundo testemunhas, sempre foi obcecado por Poliana Costa Arantes, de 25 anos. No entanto, eles nunca tiveram um relacionamento.

Na noite de quarta-feira, ele foi à UFMG e ameaçou a professora. Depois de dar um tiro no chão e outro num computador, acabou atirando na própria cabeça. Ele foi levado em estado grave para o Hospital Municipal Odilon Behrens, onde permaneceu internado em estado de coma até a manhã de ontem, quando foi confirmada a sua morte.

Testemunhas disseram que João Luciano ficou paraplégico em uma calourada na universidade, ainda na década de 90, e usava uma cadeira de rodas para se locomover. Um amigo dele disse que o estudante usava remédios controlados e que já havia tentado suicídio antes.

Segundo informações da assessoria de comunicação do hospital, a família optou por doar as córneas do rapaz.

Fonte: Super Notícia

Um comentário:

Fernanda Pereira disse...

Nosa Ruither...fiquei meio passada com isso...que loucura, não?

Beijos

Bom fds